A Tentação na Medida certa.


      Sou grato a Deus por tudo que me tem concedido. De todas as bênçãos, sem dúvida, a salvação é a maior, pois é o motivo que me faz viver, tanto agora como nos tempos e lugares vindouros, seja no mundo físico ou espiritual. E sem dúvida, tenho bebido da rocha espiritual que é Jesus desde já.

     Contudo, apesar de ter o favor do Senhor, não quero e não posso ignorar a verdade de que sou imperfeito e estou sujeito a errar. Reconheço que não me falta o que cobiçar. Idolatria, imoralidade, orgulho, murmuração e tantas outras coisas mais estão em todo lugar e pode ser acessado a qualquer momento. Não há fortes, não há os que estão preparados e são perfeitos, na verdade, todos estão propensos a cair.

      Mas, pensando eu que sou fraco ao ponto de não resistir, me basta saber que a tentação se limita ao meu limite de resistência. Sempre sou eu quem diz sim ou não, eu é que tenho a responsabilidade de alimentar meus pensamentos e priorizar as virtudes geradas em mim pelo Espírito Santo.

     Por fim, acredito que assim como Jesus, depois da minha resposta à tentação, o mundo espiritual irá se manifestar. Caso diga não a ela, os anjos me servirão. Entendo que eles não me induzirão ao acerto, eles me ajudarão depois de minha resposta. O que me influenciará a dizer sim ou não será minha convivência com o Espírito Santo, meu relacionamento com Jesus, o meu dia a dia com Deus.
I Coríntios 10. 1-13
Paz.




Amilton Joaquim
Casado com Alba Aureliano
Missionário e Vice presidente da JOCUM Maceió
Estudante de Relações Públicas na UFAL
e Membro da 1ª igreja Batista em Satuba - AL



---

Web Rádio

Web Rádio

Compartilhe esta Página