Uma Vida Que Agrada a Deus


Uma Vida Que Agrada a Deus

 Jó 1:1 Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal.
  O livro de Jô fala de um homem muito especial. Ele é apresentado no início da história como um servo de Deus admirável, abençoado com muitas riquezas e uma família maravilhosa. Deus tinha muito prazer na vida de Jó!  Sua vida de fé e obediência é uma inspiração para todos nós. Viveu uma vida agradável a Deus. Como deve ser uma vida que Agrada a Deus?
Deve ser uma vida comprometida com a integridade moral
  O texto diz que Jô era íntegro e reto. Integro significa inteiro, completo. Essa é uma referencia á sua retidão moral e a nobreza de seu caráter. Ele era completamente honesto. Sua vida resistia a qualquer investigação. Poucas são as pessoas em nossa sociedade que resistiriam uma investigação.  
  Vivemos em um mundo onde a falta de caráter tem sido marca registrada de muitas pessoas. Compromisso com os princípios morais é coisa que muita gente não tem interesse em assumir. E por isso nossa sociedade vai sendo corroída, minada, destruída por pessoas sem moral, sem caráter, que se colocam a serviço do mal. Mais do que nunca, precisamos de homens e mulheres como Jó, que possam ser testados, provados e reconhecidos pela sua nobreza de caráter e integridade moral.

Deve ser uma vida que se desvia do Mal

  Deus se agrada de uma vida que se afasta, se desvia do mal. Ao ressaltar a integridade de Jó, o Texto diz que ele se desviava do mal. Isso significa que seu estilo de vida era o resultado de uma atitude. Ele se esforçava para se manter íntegro. Sabia que não estava imunizado contra o erro e que precisava estar atento o tempo todo para não cair, não se corromper. O cristão está cercado pelo mal e precisa viver como Jó, desviando-se do mal.

Uma vida Comprometida com Deus

  Deus deseja que sejamos comprometidos com ele. Isso é de ser apenas religioso. Milhões de pessoas são religiosas, mas não tem qualquer compromisso com Deus.
  O texto diz que Jó era temente a Deus. TEMER é tributar reverência e respeito. Isso Significa que Jó era um servo de Deus consciente do seu papel; tinha uma vida devota e submissa. Seu prazer era amar ao senhor e obedecer a sua palavra. Em Eclesiastes 12:13 Lemos “Temer a Deus e guardar os seus mandamentos é o dever de todo homem”
 


Luiz Costa

Estudante de Administração
e Membro da igreja Batista Vida
São Miguel dos Campos - AL




Curta a MEG no Facebook e siga os nossos posts no @MaceioEGospel.

Web Rádio

Web Rádio

Compartilhe esta Página